às 11:27:42 em Notícias / Notícias

Pesquisa de Monitoramento: Participe!

Araguaína, 09 de julho de 2020.


Prezada comunidade acadêmica Católica Orione,


Desde do início da pandemia a Faculdade Católica Dom Orione criou várias medidas para minimizar os impactos negativos no processo educacional, gerados pela disseminação do novo coronavírus.


Neste sentido, destaco a criação do Comitê Operativo Emergencial – COE/FACDO -, por meio da Resolução nº 34, de 21 de março de 2020, capacitação contínua  para docentes  a respeito do uso das plataformas digitais, criação de canais de comunicação, padronização de aulas remotas e processos avaliativos, contato telefônico (via NUAD) para discentes com dificuldades de acesso às aulas remotas, criação de formulário específico para requerimento de “pendências pedagógicas COVID-19” com a finalidade de sanar eventuais dificuldades de acesso ao processo avaliativo e outras.


Todas essas iniciativas favoreceram a aproximação da FACDO com seus discentes e docentes, concretizando, de forma ímpar, a missão e os valores que regem e guiam a história e o planejamento estratégico da nossa IES.


Após a vivência desse inédito processo na educação superior, conclamo docentes e discentes a participar de uma pesquisa de monitoramento proposta pelo Ministério da Educação (MEC), que anseia por avaliar as ações das Instituições de Ensino Superior (IES) do Brasil, levantando dados que poderão orientar os próximos passos na elaboração de políticas públicas, apontando as ações que deram certo e as ações que não deram certo nesse período.


A pesquisa estará disponível a partir do dia 15 de julho de 2020,  através dos endereços:

Link para professores: clique aqui  e

Link para alunos: clique aqui


Aproveito o ensejo para parabenizar a todos pela conclusão desse inusitado e histórico semestre e desejo bom período de férias! Que o merecido descanso nos ajude a reiniciar as atividades, do vindouro semestre, com a mente e o coração abastecidos da serenidade necessária ao processo de formação acadêmica.



Atenciosamente,


Pe. Edson de Oliveira

Conselho Gestor/Direção Acadêmica


Fonte: