Manual do Acadêmico

Prezado Acadêmico,

Este manual foi elaborado especialmente para você, acadêmico(a) da Faculdade Católica Dom Orione, e tem por finalidade orientá-lo com clareza para que você possa organizar os passos essenciais durante os anos de sua formação acadêmica. Baixe a versão PDF do manual 2016/1.


CURSOS DE GRADUAÇÃO OFERTADOS

Curso de Administração

Coordenador: Prof. Flávio Rafael Bonamigo
Contato: flá[email protected]

  • Reconhecimento do Curso: Portaria nº 13, de 02/03/2012, do Ministério da Educação
  • Titulação: Bacharel em Administração
  • Carga Horária Total: 3.700 horas aula
  • Duração do Curso: 8 semestres / Prazo máximo para integralização: 14 semestres

Curso Superior de Tecnologia em Gestão Financeira

Coordenador: Prof. Flávio Rafael Bonamigo
Contato: [email protected]

  • Autorização do Curso: Portaria nº 266 de 27 de março de 2015, do Ministério da Educação
  • Titulação: Tecnólogo em Gestão Financeira
  • Carga Horária Total: 1.905 horas aula
  • Duração do Curso: 04 semestres / Prazo máximo para integralização: 07 semestre

Curso de Direito

Coordenador: Prof. Daniel Cervantes Angulo Vilarinho
Contato: [email protected]

  • Autorização do Curso: Portaria nº 4.044, de 25/11/2005, do Ministério da Educação
  • Titulação: Bacharel em Direito
  • Carga Horária Total: 4.760 horas aula
  • Duração do Curso: 10 semestres / Prazo máximo para integralização: 16 semestres

Curso de Psicologia

Coordenador: Prof. Rodolfo Petrelli
Contato: [email protected]

  • Autorização do Curso: Portaria n. 917, de 27/11/2015, do Ministério da Educação
  • Titulação: Bacharel em Psicologia
  • Carga Horária Total: 3.740 horas aula
  • Duração do Curso: 10 semestres / Prazo máximo para integralização: 14 semestres
  • Horários: Matutino (08:00 h às 11:40h) e noturno (19:00h às 22:40h).

Gestão Hospitalar

Coordenador: Prof. Rogério dos Reis Brito
Contato: [email protected]

  • Autorização do Curso: Portaria n. 913 de 27/11/2015, do Ministério da Educação
  • Titulação: Tecnólogo em Gestão Hospitalar
  • Carga Horária Total: 2.760 horas aula
  • Duração do Curso: 06 semestres

HORÁRIO DE AULAS

O horário de aulas na Faculdade Católica Dom Orione compreende das:

  • Matutino: 08h às 9h e 40min e das 10h às 11h40min.
  • Noturno: 19h às 20h40min e das 21h às 22h40min, de segunda à sexta e, aos sábados, das 14h às 15h40min e das 16h às 17h40min, salvo em casos excepcionais, sendo imprescindível o cumprimento deste horário, por parte de professores e alunos.

SISTEMA DE AVALIAÇÃO

O sistema de avaliação consiste em 3 (três) avaliações semestrais, denominadas N1 – nota 1; N2 – nota 2; N3 – nota 3, cujo valor de cada uma varia entre 0,0 (zero) a 10,0 (dez) pontos.

Em cada nota, o professor poderá realizar quantas atividades desejar, desde que o somatório delas não ultrapasse 10,0 (dez) pontos.
O aluno será aprovado se alcançar média aritmética igual ou superior a 6,0 (seis) pontos. Caso o aluno não atinja tal média, terá direito ao Exame Especial.
Para ser aprovado o aluno deverá alcançar nota no Exame Especial que, somada à média das três notas anteriores (N1, N2, N3), alcance, no mínimo, 12,0 (doze) pontos, ou seja, média de 6,0 (seis) pontos.

Prova Institucional: A Prova Institucional está devidamente regulamentada pela Portaria nº 009, de 10 de março de 2014 – Trata-se de uma avaliação interdisciplinar, em atendimento às novas exigências do MEC e do mercado de trabalho, que tem como foco a construção do conhecimento de forma integrada, transversal e em acordo com as demandas educativas atuais. Esta prova tem como objetivo melhorar a qualidade do ensino, estimulando os docentes e discentes a detectarem deficiências e possibilitarem a sua correção e aprimoramento, atingindo, dessa forma, a excelência no ensino. Busca-se, também, manter o aluno constantemente atualizado com os conteúdos do curso. As questões serão elaboradas nos moldes de concursos públicos e do ENADE, esta prova institucional integrada é uma excelente ferramenta para a potencialização dos estudos com vista a concursos, potencializando as chances para de aprovação, além da possibilidade de aumentar a média final em todas as disciplinas do período em curso. A Prova valerá até 4,0 (quatro pontos) na nota da N3 de todas as disciplinas do período vinculado, sendo gradativamente expandida aos demais períodos, cumprindo o que está na portaria.


MATRÍCULA E REMATRÍCULA

A matrícula, ato formal de ingresso no curso e de vinculação com a Faculdade, realiza-se, mediante requerimento, na Secretaria Acadêmica, em prazos estabelecidos no Edital do vestibular, instruído o requerimento com a seguinte documentação:

  1. Documentos pessoais;
  2. Certificado ou diploma conclusão do Ensino Médio ou equivalente;
  3. Prova de quitação com o serviço militar e eleitoral;
  4. Comprovantes de pagamento ou de isenção da primeira prestação da semestralidade escolar;
  5. No caso de alunos ingressos por meio de transferência externa, histórico escolar original, emitido pela IES de origem e cópia autenticada do ementário completo das disciplinas cursadas na IES de origem;
  6. Outros documentos que a instituição considere necessário.

A Renovação de matrícula – Rematrícula deverá ocorrer, semestralmente, nos prazos estabelecidos no Calendário Acadêmico.
O acadêmico que não necessitar de ajuste de grade, deverá fazer a rematrícula no sistema, via web aluno, e não precisa confirmar na secretaria. Caso o acadêmico precise de ajuste de grade, deverá procurar a Coordenação do seu curso, para iniciar o processo.

A não renovação da matrícula (rematrícula) feita pelo acadêmico veterano, na forma prevista no Regimento da IES e nos prazos estabelecidos no Calendário Acadêmico, implica na presunção de abandono do curso e desvinculação do aluno junto à FACDO, salvo nos casos de trancamento de matrícula.


TRANCAMENTO DE MATRÍCULA

O trancamento de matrícula pode ser requerido a qualquer momento, desde que o aluno tenha concluído, pelo menos, um semestre letivo na FACDO e o trancamento não pode ser superior a 04 (quatro) semestres letivos consecutivos ou intercalados, incluindo aquele que foi concedido.
Ao requerer o trancamento o aluno deverá determinar, por meio de formulário próprio, o período de trancamento, observado o limite estabelecido no parágrafo anterior e, ao final deste prazo, deverá manifestar-se quanto à continuidade ou não do trancamento, sob pena de perder a vaga no curso.
Os períodos letivos de efetivo trancamento da matrícula não serão computados, para efeito de contagem do tempo máximo, para a integralização do currículo pleno do curso.
O trancamento de matrícula poderá ser requerido pelo aluno regularmente matriculado ou representante legalmente constituído, mediante preenchimento de formulário específico, disponível na secretaria da FACDO.
O trancamento de matrícula será concedido ao aluno, observando-se as disposições contidas na Lei nº 9.780, de 1999.
É concedido ao aluno o direito de requerer o cancelamento de matrícula no curso, por meio de formulário próprio, a qualquer momento, sem direito a restituição do valor investido, observadas as cláusulas do contrato de prestação de serviços firmado com a IES.


PERGUNTAS FREQUENTES

1) COMO VERIFICAR NOTAS E FREQUÊNCIAS?

Acessando sua área restrita no site da Faculdade Católica Dom Orione.

Passo a passo:

  • Acesse o site da Instituição: www.catolicaorione.edu.br
  • Clique em: Web Aluno
  • Ao Acessar Área Restrita, digite seu login e senha.
  • Caso esqueça sua senha, clique em “esqueci minha senha” e terá os procedimentos necessários para recuperação da sua senha.

2) COMO VERIFICAR AS DEPENDÊNCIAS OU ADAPTAÇÕES DAS DISCIPLINAS?

Acessando sua área restrita no site www.catolicaorione.edu.br, e buscar a opção Histórico Escolar. Maiores informações entre em contato com a Secretaria Acadêmica, através do contato: [email protected]

3) COMO SOLICITAR MUDANÇAS DE TURMA?

Requerer e protocolar na Secretaria Acadêmica e o mesmo será encaminhado à Coordenação de seu Curso para análise e parecer. A mudança pode ser concedida, desde que haja vaga no curso e turma pretendidos e deve ser solicitada nos prazos previstos no Calendário Acadêmico do semestre letivo vigente.

4) COMO PROCEDER NO CASO DO PORTAL DO ALUNO/ ÁREA RESTRITA NÃO ESTAR DISPONÍVEL?

Caso o Portal do aluno não esteja disponível, o aluno deverá procurar o Departamento de Tecnologia da Informação da Faculdade, relatando o caso ao colaborador do departamento que buscará solucionar a questão.

5) ONDE RECLAMAR DE NOTAS E FALTAS LANÇADAS ERRADAS?

O acadêmico deve fazer um requerimento solicitando verificação e retificação de nota/falta já lançada, na Secretaria Acadêmica. O requerimento do aluno será encaminhado à Coordenação de seu Curso, que fará a verificação sem interferir na autonomia docente de cada professor, devendo atentar a erros de lançamento, salvo solicitação feita expressamente pelo professor da disciplina, momento em que será feita uma Retificação de Notas/Faltas, devidamente assinada pelo Professor da disciplina e pelo Coordenador do Curso e encaminhada a Secretaria Acadêmica para correção.

6) QUAL PRAZO O ACADÊMICO TEM PARA RECLAMAR VIA REQUERIMENTO, DE NOTAS E FALTAS LANÇADAS ERRADAS?

Deverá ocorrer preferencialmente, até o término do semestre letivo em curso ou, impreterivelmente, até o término do semestre letivo imediatamente posterior. Pedidos de correções feitos fora do prazo serão indeferidos de plano pela Coordenação do Curso.

7) ESTÁGIOS

  • COMO OBTER INFORMAÇÕES SOBRE ESTÁGIOS NO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO?
    As informações e o controle dos Estágios Curriculares Supervisionados no Curso de Administração poderão ser obtidas na Coordenação de Estágio Supervisionado. As informações sobre Estágio Supervisionado I realizado no 6º período do Curso poderão ser obtidas junto a Empresa Júnior.
  • COMO OBTER INFORMAÇÕES SOBRE ESTÁGIOS NO CURSO DE DIREITO?
    As informações gerais e o controle dos Estágios Curriculares Supervisionados no Curso de Direito poderão ser obtidas na Coordenação do Núcleo de Práticas Jurídicas – NUPJUR

8) COMO FUNCIONAM OS CURSOS DE DEPENDÊNCIA OU ADAPTAÇÃO E ONDE REQUERÊ-LOS?

Os Cursos de Dependência ou Adaptação são oferecidos aos acadêmicos, regularmente matriculados na FACDO, que estejam com dependência/adaptações (nos casos de transferências) para a referida disciplina. Os alunos interessados em algum Curso de Dependência ou Adaptação deverão procurar a Coordenação de seu Curso e manifestar esse desejo. O Coordenador do seu Curso, verificando a viabilidade, edita e publica uma Portaria para o Curso de Dependência ou Adaptação específico e que tenha demanda de alunos. O acadêmico deve requerer sua matrícula mediante pagamento do valor exposto na respectiva Portaria, no Departamento Financeiro da Faculdade Católica Dom Orione. As aulas ocorrem em horários alternativos ao horário normal das aulas, sendo estabelecidos na Portaria do Curso de Dependência e Adaptação ofertado. A FACDO não se obriga a fornecer Cursos de Dependência e Adaptação, apenas o fará, nos casos em que julgar viável e possível. O valor dos Cursos de Dependência e Adaptação são estabelecidos segundo critérios contábeis que computam os custos com a contratação do professor (especialista, mestre ou doutor), a carga horária da disciplina e se o professor já mantém vínculo trabalhista com a IES ou não.

9) COMO OBTER INFORMAÇÕES SOBRE A SUA SITUAÇÃO FINANCEIRA NA IES?

No Departamento Financeiro da IES. Lá, você poderá consultar seu extrato financeiro, realizar pagamentos com cartão de crédito / débito e receber as informações de como negociar seus débitos.

10) COMO IMPRIMIR OS BOLETOS?

Acessando sua área restrita você poderá imprimir os boletos. Caso tenha alguma dificuldade (erro de impressão, boleto indisponível, etc.) procure imediatamente o Departamento Financeiro da IES. Acadêmicos contemplados com Bolsa ProUni ou financiamento 100% devem acompanhar regularmente a sua área restrita, quanto à geração de boletos referentes a taxas administrativas e/ou multas, para pagar seus boletos até a data do vencimento.

11) O QUE SÃO AS ATIVIDADES COMPLEMENTARES?

De acordo com o Art. 1º, da Portaria 014/2010, da Direção Geral, as atividades complementares são componentes curriculares enriquecedores e complementadores do perfil do formando, que possibilitam avaliação de habilidades, conhecimentos e competências do aluno, inclusive adquirida fora do ambiente acadêmico, incluindo estudos e atividades independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, especialmente nas relações com o mercado do trabalho, estabelecidas ao longo do curso, notadamente integrando-as às diversas peculiaridades regionais e culturais, assim como ações de extensão junto à comunidade.

12) COMO VERIFICAR AS HORAS DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES?

Ao longo do Curso de Administração são 200 horas – Curso de Direito são 360 horas mínimas –
Psicologia são de 150 horas mínimas – Gestão Hospitalar 150 horas mínimas e Gestão Financeira são de 150 horas mínimas a título de Atividades Complementares, necessárias para a integralização do curso. Para saber todas as informações sobre como lançar as Atividades Complementares, quantas horas lançadas, número de horas que faltam para completar a carga horária exigida e como comprovar o lançamento; o acadêmico deverá acessar o site da instituição no link atividades complementares e consultar a Resolução CONSUFACDO 015/2015. Maiores informações procurar o NEIC – Núcleo de Extensão e Iniciação Cientifica.

13) COMO VERIFICAR O CALENDÁRIO DE PROVAS?

Na Faculdade Católica Dom Orione o professor tem autonomia para estabelecer a data de sua avaliação dentro de cada ciclo avaliativo previsto no calendário acadêmico. Deste modo, o acadêmico deverá estar atento às instruções ministradas em sala de aula por cada professor.

14) COMO OBTER INFORMAÇÕES SOBRE OS PROCEDIMENTOS DO REGIME DOMICILIAR? ONDE ENTREGAR OS LAUDOS?

O Regime de Exercícios Domiciliares será concedido em duas situações: alunas gestantes e aluno que necessitar faltar às aulas, por mais de dez dias, por motivo de doença (doença infectocontagiosa, traumatismos, cirurgia e outras condições mórbidas, caracterizadas por incapacidade relativa, incompatível com a frequência aos trabalhos escolares; ou licença maternidade), pode requerer o Regime Domiciliar, para compensação de ausências nas disciplinas, lembrando que ele não o isenta das avaliações. Para isso, o acadêmico deve procurar a Secretaria Acadêmica, munido de Laudo e Atestado Médico, de no mínimo, dez (10) dias consecutivos. O Laudo e Atestado Médico deve ser original, constando o CID (Código Internacional de Doenças) indicado, carimbados e assinados pelo Médico. O regime de exercício domiciliar é regido pela RESOLUÇÃO CONSUFACDO N. 001/2011.

15) QUAL O PRAZO QUE O ACADÊMICO POSSUI PARA SOLICITAR O REGIME DOMICILIAR?

O prazo para solicitar o Regime Domiciliar é de até três dias úteis do início da causa que deu ao pedido de Regime Domiciliar. Caso o aluno não possa comparecer à Instituição para dar entrada ao pedido, outra pessoa deverá fazê-lo, mediante autorização formal expedida pelo acadêmico.

16) ESTOU DOENTE, POSSO APENAS TRAZER O ATESTADO E ENTREGAR PARA O PROFESSOR?

Não. O correto é protocolar o Atestado Médico, via requerimento, na Secretaria Acadêmica até o 3º dia da data de início do Atestado. Se o atestado contemplar um prazo de afastamento inferior a 10 (dez) dias o mesmo será arquivado na Secretaria Acadêmica, para futuras averiguações pela Coordenação de Curso, caso o aluno fique reprovado por faltas, sendo-lhe facultado solicitar a revisão de faltas.

17) QUAIS PROCEDIMENTOS SÃO NECESSÁRIOS PARA A REALIZAÇÃO DE SEGUNDA CHAMADA DE PROVA E/OU AVALIAÇÕES?

O aluno que perder uma avaliação terá o direito à segunda chamada, desde que cumpra os seguintes requisitos, cumulativamente:

  • fazer requerimento junto à secretaria acadêmica, dirigido ao coordenador de curso, no prazo máximo de 03 (três) dias úteis, a contar da data da realização da primeira chamada da avaliação, justificando a perda da primeira chamada da avaliação.
  • após parecer favorável da coordenação de curso, o aluno deverá pagar taxa específica junto ao departamento financeiro.
  • apresentar-se ao professor munido de documento no qual conste, expressamente, o deferimento do Coordenador de Curso, com seu carimbo e assinatura, bem como, o comprovante de pagamento.

Fica terminantemente proibida a aplicação de segunda chamada de avaliação, sem que seja observado este procedimento.

18) O ATESTADO MÉDICO ABONA FALTA? CASO EU FALTE NO DIA DA PROVA E TRAGA ATESTADO DE SAÚDE DEPOIS, NÃO TENHO DIREITO A NOVA PROVA?

Não há abono de faltas – o Atestado Médico justifica sua falta. Para realizar a prova (caso tenha perdido por motivo de saúde), o acadêmico deve seguir procedimentos referentes à Segunda Chamada de Provas, ou seja, protocolar requerimento específico anexando o atestado médico e pagar a taxa devida.

19) QUANTAS FALTAS SÃO PERMITIDAS POR MÓDULO OU DISCIPLINA?

O limite mínimo de frequência às aulas e demais atividades acadêmicas, para aprovação em cada disciplina, é de 75% (setenta e cinco por cento) da carga horária efetivamente aplicada pelo professor. Por exemplo, numa disciplina de 40 h/a, o acadêmico pode ter 10 faltas; de 60 h/a, 15 faltas; de 80 h/a, 20 faltas. Caso o professor tenha ministrado uma carga horária superior, o percentual será aplicado a este quantitativo de aulas ministradas pelo docente.

20) PARA OBTER O DIPLOMA, É NECESSÁRIO FAZER UM REQUERIMENTO? PRECISO PAGAR PELO DIPLOMA?

Após colar grau, o acadêmico deverá requerer seu Diploma, na Secretaria Acadêmica e não há custo para esse serviço, desde que seja impresso no modelo padrão da Faculdade. Caso o aluno queira uma segunda via de seu Diploma, deverá pagar uma taxa, o valor está disponível para consulta na tabela de preços de serviços da FACDO.

21) QUANDO SÃO MARCADAS AS COLAÇÕES DE GRAU E POR QUEM?

A Colação de Grau é ato Institucional e compete à Direção Acadêmica determinar a data de Colação de Grau dentro de cada semestre com previsão no calendário acadêmico. Salvo comunicação em contrário, a data da Colação de Grau será única para todos os alunos de cada curso. Os acadêmicos que não puderem colar grau na data estipulada pela IES deverão fazer um requerimento, na Secretaria Acadêmica, solicitando participação na colação de grau do semestre seguinte.

Colação de Grau em Gabinete – A solicitação para colação de grau em gabinete só será deferida nas seguintes situações: doença, óbito de parentes de 1º grau, aprovação em concurso e admissão no mercado de trabalho.

22) TENHO QUE ELABORAR O TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO? QUAIS OS PROCEDIMENTOS OBRIGATÓRIOS? QUAL O PRAZO FINAL PARA A APRESENTAÇÃO DO TCC?

O Trabalho de Conclusão de Curso – TCC consiste em um momento concentrado em que devem ser demonstradas, através de atividade orientada de pesquisa, as competências e habilidades desenvolvidas ao longo do curso. O TCC é normatizado pela Resolução CONSUFACDO Nº 012/2015. Estão aptos à iniciar, formalmente, a orientação e confecção da Monografia ou Artigo os alunos devidamente matriculados na FACDO e que já foram aprovados ou dispensados integralmente na disciplina de Metodologia da Pesquisa Científica ou equivalente, sem prejuízo do disposto no Projeto Pedagógico de cada Curso. Após o início formal da orientação, o aluno terá o prazo de 1 (um) ano para defesa do trabalho, perante banca, ou, em se tratando de publicação de Artigo, apresentar documentação exigida pelo setor.

Compete ao aluno: observar as normas para elaboração de acordo com a ABNT e Defesa de Monografia ou Artigo, cumprindo o cronograma estabelecido pela FACDO; escolher o orientador, observando os critérios estabelecidos na Resolução n. 012/2015; desenvolver o trabalho monográfico, tendo em vista o projeto previamente definido e aprovado pelo orientador ou, conforme o caso, pelo professor da disciplina de Metodologia da Pesquisa Científica; custear todas as despesas decorrentes da elaboração e defesa do TCC. A apresentação/defesa deve ocorrer dentro do prazo estabelecido pela Portaria e divulgado através do Calendário Acadêmico, sob pena do aluno não colar grau na data oficial prevista em calendário. Para maiores informações quanto aos procedimentos para elaboração do TCC, entre em contato com o Núcleo de TCC, pessoalmente, ou por meio do contato [email protected]

23) O QUE É A CPA?

A Comissão Própria de Avaliação – CPA é o órgão com a função de conduzir os processos de avaliação interna da Faculdade Católica Dom Orione – FACDO e da sistematização de coleta de informações nos seus aspectos físicos, estruturais e pedagógicos. A CPA é um requisito legal a ser preenchido pelas IES e suas avaliações periódicas são levadas em consideração pelo MEC no momento da avaliação das instituições, especialmente como forma de medir a sua contribuição no processo de melhoria dos cursos oferecidos, na medida em que as avaliações, promovidas pela CPA, retratam os aspectos a serem melhorados na IES e servem de indicativo do que deve ser feito entre um ciclo avaliativo e outro. Para maiores informações quanto a atuação da CPA, acesse [email protected]

24) COMO POSSO PARTICIPAR DE PROJETOS DE EXTENSÃO E DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA?

O ensino superior tem na sua base o tripé: ensino, pesquisa e extensão. A FACDO, por compreender a relevância da pesquisa no ensino superior, promove, através do NEIC, Núcleo de Ensino e Extensão, o incentivo à comunidade acadêmica para apresentar e assumir projetos de pesquisa orientados, prioritariamente, para as seguintes linhas: CIDADANIA, GESTÃO, SOCIEDADE E MEIO AMBIENTE. Para maiores informações quanto a possibilidade de participação em projetos de ensino, extensão e iniciação científica o acadêmico deve procurar a Coordenação do NEIC ou através dos contatos: [email protected] e [email protected] onde receberá todas as orientações sobre o assunto.

25) O QUE É O NUAD – NÚCLEO DE ATENDIMENTO AO DISCENTE?

O NUAD tem por objetivo específico oferecer apoio aos discentes/acadêmicos que apresentam dificuldades de aprendizagem e dar o devido suporte aos professores que lidam com alunos com tais dificuldades. Este apoio será oferecido através de atividades de nivelamento, extraclasse e do atendimento psicopedagógico orientado. Para maiores informações quanto a atuação do NUAD acesse [email protected] ou Ramal: 0537.

26) O QUE É O NUPED – NÚCLEO PEDAGÓGICO?

O NUPED tem por finalidade dar suporte pedagógico a alunos, professores, coordenadores de curso e de setores, bem como à Direção Acadêmica. Para maiores informações quanto a atuação do NUPED, acesse [email protected]

28) A FACULDADE CATÓLICA DOM ORIONE POSSUI OUVIDORIA? COMO FUNCIONA?

A FACDO possui ouvidoria implantada e em pleno funcionamento. A ouvidoria tem por objetivo ouvir todos os membros que compõem a comunidade acadêmica e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sendo um canal de diálogo entre a comunidade e a IES. Para maiores informações quanto a atuação da Ouvidoria e horário de funcionamento entre em contato pessoalmente; pelo site da IES, ou através do e-mail [email protected]

29) É PERMITIDO BEBIDA ALCÓOLICA E/OU FUMAR DENTRO DA FACULDADE?

Não. Conforme o disposto no Artigo 95, VII do Regimento Interno da Faculdade Católica Dom Orione, fumar nas dependências da FACDO constitui falta disciplinar e o não cumprimento, poderá acarretar as penalidades previstas.

30) COMO É FEITO O CADASTRO NA BIBLIOTECA? COMO FAZER EMPRÉSTIMO NA BIBLIOTECA?

É automático mediante a matrícula. E quanto ao empréstimo, apresentando a carteirinha do estudante, emitida pela Faculdade Católica Dom Orione e senha cadastrada no portal do acadêmico. Para maiores informações quanto a atuação da Biblioteca e horário de funcionamento entre em contato com o Bibliotecário, através do contato [email protected]

31) POSSO USAR MEU NOTEBOOK NA SALA DE AULA? O PROFESSOR PODE PEDIR PARA QUE MEU EQUIPAMENTO SEJA DESLIGADO?

O uso do computador em sala de aula deve ser restrito a atividades acadêmicas, conforme instrução do professor. O professor pode pedir para desligar, desde que considere que seu uso disperse ou desvirtue o tema da aula ou não tenha pertinência na dinâmica de determinada aula.

32) O QUE É O EXAME NACIONAL DE DESEMPENHO DE ESTUDANTES – ENADE? SOU OBRIGADO A PARTICIPAR DO EXAME?

O ENADE é uma avaliação do Governo Federal para verificar o desempenho de estudantes com relação aos conteúdos previstos nas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs), quanto a Formação Geral, Habilidades e Competências necessárias à formação e ao exercício profissional. Trata-se de uma avaliação externa à IES, utilizada há mais de 10 anos, desenvolvida por especialistas em educação e formação profissional. Através da avaliação do ENADE é possível saber qual o desempenho dos alunos com relação aos conteúdos de aprendizagem previstos para o curso. O ENADE é um componente curricular obrigatório, composto de uma prova geral de conhecimentos e uma prova específica de cada área, voltada a aferir as competências, habilidades e conteúdos agregados durante a formação.

Para os alunos que estiverem inscritos e não comparecerem a prova, a Instituição de Ensino Superior fica impedida de emitir a certidão de colação de grau e/ou diploma do concluinte.

Para maiores informações sobre o ENADE visite o endereço: www.catolicaorione.edu.br/portal/enade-2015/.

33) O QUE ACONTECE SE O ACADÊMICO FALTAR A PROVA ENADE?

Nos termos da Lei nº. 10.861, de 14 de abril de 2004, da Portaria Normativa nº. 40, de 12 de dezembro de 2007, em sua atual redação e da Portaria Normativa nº. 6, de 14 de março de 2012 do MEC, os alunos que estiverem inscritos e não comparecerem a prova, a Instituição de Ensino Superior estará impedida de emitir o Certificado de Conclusão de Curso e o Diploma, o que impede o aluno de colar grau, pois fica caracterizado que o acadêmico deve uma “disciplina”.

34) COMO REQUERER DOCUMENTOS QUE COMPROVEM MEU VÍNCULO COM A IES?

Acessando sua área restrita no site da IES ou diretamente na Secretaria Acadêmica.

35) O QUE É NECESSÁRIO PARA INTEGRALIZAR O MEU CURSO?

Precisa estar aprovado em todas as disciplinas da matriz curricular do curso; estar aprovado no estágio supervisionado obrigatório; cumprir as horas extras de atividades complementares e apresentar o trabalho de conclusão de curso – TCC.

Qualquer dúvida ou informação a respeito do conteúdo deste Manual, entrar em contato através do e-mail: [email protected]