Liga Acadêmica de Ciências Criminais

TEMA

Liga Acadêmica de Ciências criminais

LINHAS DE PESQUISA

Cidadania e inclusão social;
Direitos humanos, solidariedade

JUSTIFICATIVA

Vivemos uma necessidade de novas possibilidades de modelos participativos, onde o corpo discente precisa ser protagonista da sua vida acadêmica, além do fortalecimento de uma vida social como intelectuais transformadores da sociedade.

A criminologia está relacionada ao direito penal, mas não pode ser caracterizada somente como um conhecimento auxiliar, sendo que os dois campos tenham ambos uma aproximação em seus objetivos (o crime e o criminoso). Mesmo considerada a criminologia como uma ciência pré-jurídica por Hilário Veiga de Carvalho, destacamos seu valor no entendimento do fenômeno delituoso e suas causas. Uma ciência prática preocupada com problemas e conflitos concretos e históricos, se relacionam com outras ciências como sociologia, biologia, antropologia, psicologia, psiquiatria, medicina legal, ética, polícia técnica e cientifica e a estatística.

Já o direito penal está relacionado com a ordem social, sendo um conjunto de normas que o estado estabelece, definindo os crimes, impondo penas e medidas de segurança. O direito penal está no nível do dever ser.

A criminologia e o direito penal estão juntos nas perspectivas de políticas de segurança e bem-estar social. Tanto pelo método quanto pelo objeto o Direito Penal e a Criminologia não se confundem, constituindo-se ciências autônomas.

OBJETIVOS

Objetivos Gerais

Motivar os conhecimentos teóricos práticos das ciências criminais com foco na criminologia e direito penal, através de um ambiente propicio a discussão crítica das ciências criminais no corpo discente.

Objetivos Específicos

Criar o fórum: diálogos com a criminologia e direito penal em Araguaína;
Desenvolver visitas a instituições prisionais;
Ministrar palestras informativas sobre a criminologia em escolas públicas e associações sociais;
Produzir: livros, artigos e-books sobre ciências criminais
Buscar estreitar laços com o Instituto Brasileiro de ciências criminais
Motivar a criação de grupos de estudos sobre criminologia e direito penal para preparação OAB.

PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

Selecionar alunos do curso de Direito através de divulgação de edital, desenvolver junto com os alunos(as) selecionados o regimento interno da liga. Definir uma programação de ações respeitando o calendário acadêmico da Católica Dom Orione. Todas as atividades devem ser registradas via projeto no NEIC, serão computadas horas complementares em ações como: Seminários, grupos de estudo, Fórum de debates, etc.

PÚBLICO ALVO

Acadêmico(as) de curso de direito

EQUIPE RESPONSÁVEL

Parceiros Internos

Geraldo Alves Lima
Marcondes da S. Figueiredo Júnior
Coordenação do curso de Direito
Núcleo de Práticas Jurídicas da Católica Orione – NUPJUR

Parceiros Externos

Instituições de Segurança Pública