Liga Acadêmica de Psicologia Aplicada

TÍTULO/TEMA:

Criação da Liga Acadêmica de Psicologia Aplicada


LINHA(S) DO PROJETO:

Cidadania e inclusão social; Direitos humanos, solidariedade


JUSTIFICATIVA:

As discussões acerca da Saúde Pública em todo o mundo, iniciaram em 1986, na I Conferência Internacional sobre a Promoção da Saúde, em Otawa. As discussões foram baseadas nos progressos alcançados com a Declaração de Alma-Ata (1978) e com o documento da OMS (1948), com o tema “Saúde para Todos”. Dessa conferência resultou uma carta que considerou algumas ações a serem realizadas pelos países que aderiram às propostas. Segundo a Carta de Ottawa, as ações de promoção da saúde objetivam reduzir as diferenças no estado de saúde da população e assegurar as oportunidades e recursos igualitários para capacitar todas as pessoas a realizar completamente seu potencial de saúde (BRASIL, 2001).

A partir desse contexto, propusemo-nos a pensar o conceito de promoção da saúde relacionando-o à prática da psicologia no município de Araguaína, a partir de um projeto denominado Liga acadêmica de Psicologia Aplicada. O trabalho da liga se efetiva através das discussões teóricas e trabalhos em campo, atuando no sentido de ampliar e aprofundar a formação do acadêmico(a) de psicologia.


OBJETIVOS:

 

Geral:

Capacitar acadêmicos(as) de psicologia no conhecimento científico em psicologia em suas várias áreas de aplicação, bem como criar espaços de escuta psicológica em instituições solidarias da cidade de Araguaína-TO.

 

Específicos:

  • Desenvolver uma cultura de visitas em instituições solidarias como atividades acadêmicas.
  • Organizar diálogos com a psicologia aplicada
  • Realizar O fórum permanente relacionado com os assuntos correlatos.


METODOLOGIA:

Selecionar acadêmicos(as) do curso de psicologia através de divulgação de edital, desenvolver junto com os alunos(as) selecionados o regimento interno da liga. Definir uma programação de ações respeitando o calendário acadêmico da Faculdade Católica Dom Orione. Todas as atividades devem ser registradas via projeto no NEIC, serão computadas horas complementares em ações como: Seminários, grupos de estudo, Fórum de debates, etc.


PÚBLICO:

Acadêmicos(as) do curso de Psicologia


EQUIPE RESPONSÁVEL:

Parceiros internos:

  • Geraldo Alves Lima
  • Coordenação do curso de Psicologia
  • Professor Paulo Alexandria